Mundo

o governo italiano para resgatar o setor de turismo

Latest News, Breaking News, Politics News, Health News, Opinion Articles
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O governo italiano adotou uma série de medidas financeiras na noite de sexta-feira para aliviar o setor de turismo, que foi gravemente afetado pela nova crise de coronavírus.

O governo concederá “ajuda ao setor de turismo mediante a suspensão do pagamento de contribuições sociais e impostos para todas as empresas do setor”, detalhou o ministro da Economia Roberto Gualtieri durante uma conferência de imprensa no Conselho de Ministros.

“Todo o setor hoteleiro italiano se beneficiará” dessas medidas, porque “esse setor sofreu e ainda está sendo cancelado, e é por isso que tivemos que fornecer uma resposta imediata”, explicou.

Enquanto o turismo pesa 13% do PIB italiano, os cancelamentos também dizem respeito a regiões livres ou quase livres de contaminação. É o caso de Roma, onde mais de 50% das reservas registradas até o final de março foram canceladas.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Na noite de sexta-feira, o governo também decidiu facilitar o “acesso ao fundo de garantia para pequenas empresas, a fim de garantir mais liquidez às empresas em dificuldade”, disse o ministro, acrescentando que “o financiamento será mobilizado para apoiar as exportações”.

Este primeiro pacote de ajuda, “decidido em tempo recorde”, constitui uma “primeira resposta concreta” à crise atual e será seguido por outras medidas na próxima semana, anunciou ele.

O decreto também prevê “a suspensão de todos os impostos e faturas nos 11 municípios (no norte do país) atingidos pelo vírus”, que estão na “zona vermelha” cercada por um cordão para impedir a propagação do coronavírus.

“O país pode avançar, a economia pode e deve reiniciar e ser apoiada”, concluiu o ministro.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  Como proteger seus negócios em um divórcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *