Mundo

O exército venezuelano abate um avião dos EUA na terça-feira

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O avião dos Estados Unidos foi abatido após entrar ilegalmente no espaço aéreo venezuelano na província de Zulia.

O Exército venezuelano abateu um avião registrado nos Estados Unidos que transportava drogas, anunciou o ministro do Interior, Nestor Reverol.

Segundo ele, o incidente aconteceu na terça-feira, e o avião foi abatido após entrar ilegalmente no espaço aéreo venezuelano na província de Zulia, próximo à fronteira com a Colômbia.

“Depois que a aeronave ilegal foi detectada pelos radares de Defesa Aeroespacial Abrangente, as Forças Armadas Nacionais Bolivarianas ativaram todos os protocolos estabelecidos pela Lei de Controle de Defesa do Espaço Aéreo Abrangente”, tuitou Reverol, citando uma lei de 2013 que autorizava a destruição de qualquer aeronave suspeita, um cartel de drogas operando no espaço aéreo venezuelano.

“Ainda estamos em alerta constante, monitorando nosso espaço aéreo para evitar que seja usado para o comércio de drogas ilícitas da Colômbia, que é o maior produtor de cocaína do mundo”, acrescentou Reverol.

O incidente de terça-feira é o segundo desde 8 de julho, quando jatos de combate destruíram outro avião com registro dos EUA ao entrar no espaço aéreo venezuelano. Um mês antes, os militares haviam destruído outro avião particular carregado de drogas.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Os militares venezuelanos estão equipados com os mais modernos equipamentos militares russos, incluindo o sistema de defesa aérea S-300, que conta com radar de longo alcance, além dos caças Sukhoi Su-30, que o país comprou antes que Washington impusesse embargo à venda de equipamento militar para Caracas em 2000. anos.

A Venezuela é uma rota popular para traficantes de cocaína colombianos desde os anos 1970. Nos últimos anos, porém, o país intensificou seus esforços para combater o contrabando de drogas em seu território, enquanto cortava os laços com a Agência Antidrogas dos EUA (DEA) por suspeitas de atividades de espionagem não relacionadas ao contrabando de drogas.

Leia Também  March Networks lança nova solução

Apesar dos esforços de Caracas para combater o narcotráfico, Washington acusou a Venezuela de não fazer o suficiente para resolver o problema, chegando a afirmar que os próprios altos funcionários venezuelanos estão envolvidos em operações de “cartel narcoterrorista”.

As autoridades venezuelanas atacaram seus colegas americanos por causa dessas alegações, enquanto o presidente Nicolas Maduro descreveu as acusações como uma fantasia do “cowboy racista” Donald Trump.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *