Esportes

Michael Ballack – O jogador mais azarado de todos os tempos?

Michael Ballack - O jogador mais azarado de todos os tempos?
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Escrito por Yuri Vasilyev


Quando a Bundesliga voltou à ação no fim de semana passado, parece adequado lembrar um dos melhores jogadores da história do voo alemão. Provavelmente não foi o melhor por causa de alguma má sorte, Michael Ballack não foi apenas um dos melhores jogadores da Bundesliga, mas também teve um período de sucesso com o Chelsea, onde venceu a Premier League em 2009/10 com Carlo Ancelotti no comando.

No entanto, o primeiro grande sucesso de Ballack chegou bem cedo. Aos 20 anos, Michael ganhou o título da Bundesliga com o Kaiserslautern na temporada 1997-1998. Considerando o fato de que o time estava jogando na segunda divisão há apenas um ano, foi uma conquista notável. No entanto, é importante notar que Ballack não foi titular nessa equipe, pois ele fez uma aparição em 16 ocasiões durante a temporada vencedora.

A partir de Kaiserslautern

Na temporada 1998-1999, o Kaiserslautern não ganhou nada, mas chegou às quartas de final na Liga dos Campeões. O mais importante é que Ballack se tornou titular nesse time, pois apareceu em 39 jogos em todas as competições e marcou 4 gols. Seu progresso como jogador não passou despercebido, já que o Bayern Leverkusen o contratou do Kaiserslautern por € 4,1 milhões em 1999.

Com a adição de um dos talentos mais promissores da Alemanha, o Leverkusen estaria na pole position para vencer a Bundesliga na temporada de 1999 a 2000, pois estavam 3 pontos à frente do Bayern de Munique antes da última jornada.

Michael Ballack - O jogador mais azarado de todos os tempos? 1
(Foto de Bongarts / Getty Images)

O Leverkusen deveria enfrentar o SpVgg Unterhaching em um jogo fora de casa e tudo o que eles tinham que fazer era não perder para o time que estava no meio da mesa e não tinha nada para jogar. Apesar de tudo, o Leverkusen perdeu por 2: 0 e o Bayern de Munique se tornaria campeão. Acontece que essa não seria a última vez que Michael Ballack experimentaria um sabor amargo de derrota quando a vitória estivesse chegando.

Leia Também  RB Leipzig vs Paris Saint-Germany - UCL Semifinal 1 Preview

O horror dos agudos de Leverkusen

Ballack se estabeleceria ainda mais como líder da equipe. Na temporada 2000 – 2001, ele terminaria com 39 aparições em todas as competições e marcaria 7 gols. Apesar disso, a equipe não ganhou nada durante a campanha. Tudo ficou diferente quando, na temporada 2001-2002, Ballack e Bayern Leverkusen tiveram todas as chances de vencer a Bundesliga, DFB Pokal e Liga dos Campeões. Apesar disso, ele caiu um passo em cada um deles.

Na Bundesliga, com apenas três jogos disputados, o Bayern Leverkusen não estava apenas no topo da tabela, mas também teve 5 pontos de vantagem sobre o Borussia Dortmund em segundo lugar. Na final da Liga dos Campeões, o Leverkusen marcou um gol de abertura apenas para conceder o empate de Raul e um maravilhoso chute de Zidane após o cruzamento de Roberto Carlos. Na final da DFB-Pokal, a equipe perdeu por 4-2 para o Schalke 04. Não é de admirar que, após esses três segundos classificados, o título seja “Treble Horror”.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Para piorar a situação, Michael e a seleção alemã perderiam para o Brasil na final da Copa do Mundo de 2002. O próprio Ballack perderia o jogo final do torneio devido ao cartão amarelo que recebia nas meias-finais. Apesar disso, ele foi um dos líderes desse time, pois deu 4 assistências e marcou 3 gols e foi reconhecido como um dos melhores jogadores desse torneio.

Sucesso no Bayern de Munique

Apesar do interesse do Real Madrid no verão de 2002, Ballack assinou com o Bayern de Munique um acordo de € 12,9 milhões. Nas próximas quatro temporadas, Michael venceria três títulos da Bundesliga e duas vezes o DFB-Pokal. No entanto, a equipe ficou aquém da Liga dos Campeões a cada temporada, tendo atingido apenas os quartos-de-final apenas uma vez durante seu período no Bayern de Munique.

Leia Também  Arsenal deve estar se arrependendo da decisão de 2018 de não assinar o prêmio de 25 milhões de libras - Gooner Republic

O sucesso na grande fase evitou Ballack com a equipe nacional mais uma vez, pois eles não conseguiram sair da fase de grupos na Euro 2004 e na Copa do Mundo de 2006 que a Alemanha sediou terminaria em terceiro lugar.

Michael Ballack - O jogador mais azarado de todos os tempos? 2
DORTMUND, ALEMANHA – 04 DE JULHO: Michael Ballack da Alemanha mostra seu desânimo após a derrota de sua equipe no final da semifinal da Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006 entre Alemanha e Itália disputada no Estádio Dortmund em 4 de julho de 2006, em Dortmund, Alemanha. Foto: Clive Mason / Getty Images

A próxima parada para Michael seria Chelsea. Ele assinaria um contrato de quatro anos com o clube como agente livre. Nesses 4 anos, ele conquistou o título do EPL uma vez e a FA Cup duas vezes, tendo também terminado como vice-campeão na Liga dos Campeões em Moscou, quando John Terry notoriamente perdeu um pênalti no pênalti.

Ballack seria nomeado capitão da equipe nacional da Euro 2008, mas eles iriam para a geração de ouro da Espanha na semifinal. Como aconteceu muitas vezes antes, Ballack seria incluído na equipe do torneio.

Sua última chance de ganhar alguma coisa com a equipe nacional seria interrompida por Kevin Prince-Boateng, pois sua entrada deslizante terminaria a temporada de Ballack, forçando-o a perder a Copa do Mundo de 2010.

Depois disso, Ballack foi convidado para a seleção nacional para jogar mais dois amistosos, a fim de ajudá-lo a alcançar 100 jogos pela equipe, mas ele chamou de farsa e nunca mais jogou pela Alemanha.

Michael assinaria com o Bayern Leverkusen no verão de 2010 e jogou mais duas temporadas com o time. Apesar de não ganhar grandes prêmios nem com clubes em que jogou, nem com a seleção nacional, Ballack seria lembrado como líder, modelo e provavelmente um dos jogadores mais azarados a jogar o jogo.

Leia Também  O treinamento da NFL está fazendo as equipes perceberem a lesão de Rick

O fato de ele nunca ter conquistado um grande título europeu com um clube ou equipe nacional mostra que sua carreira não foi agraciada com muita sorte. No entanto, mesmo que um cavalo nunca vença uma das corridas da Triple Crown, isso não significa que ele não era um bom competidor no esporte. Michael Ballack ainda é lembrado com carinho por todos os clubes em que jogou durante sua carreira como um dos melhores jogadores da primeira década do século XXI.


Imagem de destaque por Clive Mason


cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *